Por que bater ponto é importante para empresas | Evartel

Apesar de muitas vezes ser visto pelos funcionários como algo negativo, ou controlador, o ponto é importantíssimo para garantir os direitos de cada trabalhador e ajuda a empresa a entender como as horas estão sendo utilizadas por todos.

Para todos aqueles que trabalham no regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o controle e gestão das jornadas do funcionário também são obrigatórios. Por isso, o registro do ponto é algo essencial para todas as empresas que têm mais de 10 funcionários.

A evolução dos pontos

Os pontos já são usados há muito tempo ao redor do mundo. No Brasil, a obrigatoriedade do registro dos pontos começou quando o regime CLT entrou em vigor, começando pelo ponto manual, que era feito pelo próprio funcionário em um caderno para os registros. Até hoje, algumas empresas pequenas ainda usam essa modalidade.

Posteriormente, o ponto mecânico/cartográfico passou a ser utilizado. Com ele, o funcionário pode usar um cartão onde a máquina carimba os horários de entrada e saída. Ficou um pouco melhor e mais padronizado do que um mero caderno, o problema é que é necessário comprar novos cartões o tempo todo, e o funcionário pode acabar marcando seu horário de forma incorreta, o que acarreta em re-trabalho. Também há o risco da transferência dos dados acabar sendo feita de forma incorreta, já que os cartões não são o destino final das informações.

Com a evolução da tecnologia, uma nova portaria foi criada para lidar com os registros de ponto eletrônico (REP), a 1.510 do MTE. Ela estabelece quais são as obrigações dos relógios para que os registros sejam aceitos como legítimos. O REP trouxe mais segurança para funcionários e empregadores também, por oferecer a alternativa de ponto por biometria ou senha. Esse tipo de relógio é, até hoje, um dos mais utilizados no Brasil, mas opções mais interessantes já estão no mercado! 🙂

Com a portaria 373, publicada em 2011, passou a ser possível registrar os pontos de formas alternativas, mais modernas, versáteis e simples. Agora os pontos podem ser registrados por plataformas online, relógios que não precisam imprimir (gastando muito papel) e aplicativos. Aqui entra a Evartel: pensamos em unir a segurança da biometria do relógio eletrônico com a facilidade do acesso web de qualquer lugar. O melhor de dois mundos. Você bate o ponto como sempre e pode consultar suas horas no conforto de sua casa, ou durante o almoço, ou ao ir para casa…